Fusão de empresa como funciona
Fusão de empresa: como funciona?
Fusão de empresa como funciona

Fusão de empresa: como funciona?

Você sabe o que é uma fusão de empresa e como esse processo funciona?

Se você já ouviu falar no processo de fusão de um negócio, mas não faz ideia de como ele funciona na prática, saiba que este nosso conteúdo foi feito para você.

Hoje, ao longo deste nosso artigo, nós lhe explicaremos mais como funciona o processo de fusão e como você pode proceder para a fusão do seu negócio.

Antes de começarmos, não deixe de compartilhar este nosso conteúdo em suas redes sociais, principalmente no seu Linkedin. Temos certeza que ele poderá ser útil para mais pessoas.

O que é uma fusão de empresa?

Começando pelo conceito de fusão, vemos que a fusão de empresas é um dos processos que acontecem quando duas empresas desejam se unir e formar um único negócio.

Geralmente vemos a fusão acontecendo em grandes empresas de um mesmo setor, onde elas se juntam e acabam formando uma única empresa que detém um grande market share.

A fusão geralmente acontece exatamente com esse objetivo de tomar uma boa parte da fatia do mercado e fazer com que as duas empresas acabem crescendo ainda mais.

Para donos de pequenas ou médias empresas, pode ser que essa noção de crescimento através de fusões ainda não seja muito bem difundido. Contudo, para grandes empresas, principalmente para as empresas que já atingiram um patamar de crescimento elevado, vemos que a fusão acaba sendo uma das melhores alternativas.

Ebook Valutech

Ao invés de tentar deter todo o marketshare da sua empresa, lutando para aumentar o marketshare de forma individual, você pode acabar fundindo com outra gigante do seu setor e, assim, acabar tendo grande participação no mercado.

É por isso que algumas grandes empresas acabam optando pela fusão, ao invés de tentar crescer sozinha, sem adquirir ou se fundir com nenhuma outra empresa.

Dessa forma, entendendo o que é uma fusão de empresa, vamos entender quais foram as principais fusões que aconteceram.

Principais Fusões de Empresas do Mundo

Em todo o mundo, vemos que gigantes dos mais variados setores acabam indo pelo caminho de se fundir com outras empresas e, assim, se tornarem ainda maiores.

Um exemplo de uma grande fusão que aconteceu foi entre a Heinz e a Kraft. Essas duas grandes empresas realizaram uma grande fusão no mercado. Mas, esse não é o único exemplo.

Uma outra grande fusão que aconteceu foi entre a Royal Dutch Shell e a Shell Transpo. Que foi uma fusão que aconteceu há quase duas décadas.

O grande ponto e que é preciso estar atento ao falar sobre fusões é que, diferente do que muitas pessoas podem acabar achando, esse é um processo bastante técnico e burocrático.

Existem muitas regras e exigências para que uma fusão seja feita. De modo que, ao ser concretizada, ela não gere um monopólio no mercado, por exemplo.

Valutech valuation

Além disso, principalmente em fusões de empresas globais, vemos que esse processo pode levar anos.

Muitos pontos podem ser levados em conta para atrasar o processo de uma fusão, como por exemplo: decisões societárias, negociações de valores, divisão de equity…

Nem sempre as empresas se entendem nesse processo, principalmente a respeito de quem ficará no controle da operação.

Contudo, assim como mostraremos mais ao final deste conteúdo, onde falaremos sobre como fazer a fusão da sua empresa, tudo depende da equipe de M&A que você tem.

Com uma boa equipe, você consegue passar pelo processo de fusão de forma profissional e que seja atrativa para as duas partes.

Como acontece uma fusão de uma empresa?

Falando sobre os processos e as principais fusões que ocorreram no mundo, é interessante entendermos como acontece uma fusão.

Na prática, uma fusão de empresas tem como objetivo principal alcançar o máximo de produtividade, valor de mercado e marketshare das duas empresas.

Nesse caso, se tratando de empresas do mesmo setor, a fusão é uma junção onde elas unem forças para realmente alcançar o máximo possível da participação de mercado.

LEIA MAIS: Calculadora Online de Valuation: Qual a Melhor Opção?

Dessa forma, o processo de fusão passa por várias etapas fundamentais. Primeiro, as empresas interessadas devem identificar oportunidades que justifiquem a união.

Geralmente, essas empresas costumam ser concorrentes no mesmo setor e, cada uma delas, com suas particularidades competitivas. De tal modo que, na junção entre elas, elas se complementem.

Assim, uma vez identificada a oportunidade, inicia-se a avaliação e seleção de parceiros em potencial.

Nesse estágio, é fundamental analisar a compatibilidade de cultura corporativa, a saúde financeira das empresas, a estratégia de negócios e as expectativas dos acionistas em relação aos termos da fusão. Sem dúvidas essa é uma das fases mais importantes.

Negociações

As negociações entram em cena, acompanhadas por uma rigorosa análise de due dilligence, na qual as empresas compartilham informações confidenciais para verificar aspectos financeiros e legais.

As partes envolvidas discutem termos contratuais cruciais, como o preço de compra e a distribuição de participações acionárias.

Uma vez que os detalhes são acordados, é necessário obter aprovações regulatórias e dos acionistas, dependendo do tamanho e do setor das empresas envolvidas. Essas aprovações são cruciais para dar continuidade ao processo de fusão.

Após a aprovação e a conclusão da fusão, inicia-se a fase de integração. Aqui, os ativos, as operações, as equipes e as culturas das empresas são feitos em um acordo. A eficácia dessa etapa é fundamental para garantir que os benefícios esperados, como economias de escala e sinergias, sejam realizados.

Por fim, o processo não termina com a integração. As empresas devem monitorar e avaliar continuamente o desempenho pós-fusão, fazendo ajustes estratégicos conforme necessário.

O sucesso de uma fusão depende da gestão eficaz e de uma diligência cuidadosa em todas as etapas do processo, pois as falhas podem ter consequências adversas para todas as partes envolvidas.

Realmente são várias etapas que, para quem não está acostumado, podem parecer complexas…

Mas, qual será o primeiro passo para a fusão de uma empresa?

Como fazer a fusão da sua empresa?

Entendendo todas as etapas que vimos antes, primeiro, é importante estar atento ao primeiro passo a ser feito.

Se você tem como objetivo realizar uma fusão entre a sua empresa e outra do mesmo segmento, é essencial que você, primeiro, busque por uma consultoria de M&A.

Esse é o primeiro passo. No momento em que você tiver uma equipe de M&A apta a lhe auxiliar nesse processo, tudo ficará mais fácil.

Caso seja viável, a outra empresa também demonstre interesse, vocês podem partir para as próximas etapas.

Mas, antes de tudo isso, é crucial ter essa equipe de fusões e aquisições à sua disposição.

Bom, por hoje, nós da Valutech ficaremos por aqui. Esperamos que este nosso conteúdo tenha lhe ajudado a entender melhor sobre o que é uma fusão e como ela acontece.

Antes de fechar este conteúdo, vale a pena dar uma olhada em outros artigos aqui do Blog da Valutech.

Até a próxima!