como dividir cotas da empresa

Como dividir cotas da empresa? Entenda agora!

Você sabe como dividir cotas da empresa?

Se você não faz ideia de como realizar a divisão de cotas da sua empresa, saiba que este nosso guia foi feito para você.

Hoje, ao longo deste nosso guia, mostraremos tudo que você precisa saber para que, da forma certa, consiga dividir as cotas da sua empresa.

Contudo, antes de darmos início a este nosso conteúdo, não deixe de compartilhar ele em suas redes sociais, principalmente em seu Linkedin.

Agora, vamos lá!

Quando é preciso dividir cotas da empresa?

Primeiro de tudo, é interessante explicarmos quando você acabará precisando fazer a divisão de cotas da empresa.

De forma prática, vemos dois principais cenários onde você pode acabar precisando fazer uma divisão de cotas do seu negócio.

Dessa forma, como primeiro cenário, vemos que, quando você está montando uma empresa e há uma sociedade – acaba sendo preciso fazer essa divisão.

Essa divisão geralmente é feita para que você consiga ter uma noção precisa do que cada sócio tem de porcentagem de participação da empresa.

Então, de forma clara, vamos imaginar um cenário onde há 100 cotas da empresa, cada uma de R$1.000,00 e um sócio investiu R$65.000,00 em seu negócio. Nesse caso, ele conta com 65% da participação societária da empresa, afinal, ele possui 65 cotas de 100 cotas totais.

Já no segundo cenário, saber como dividir cotas da empresa é crucial para quem está buscando por investimentos. Se você quer que alguém invista na sua empresa ou se você já está com um sócio disposto a investir, você tem que saber fazer a divisão certa de cotas.

Desse modo, fazendo essa divisão, você consegue saber quanto vale cada cota da sua empresa. Por isso, vemos que, independente de qual seja o cenário que se encaixe com a sua necessidade, é importante entender como dividir cotas da empresa.

Passo a Passo Completo: Como Dividir Cotas da Empresa

Agora, vamos lhe mostrar um passo a passo de três etapas simples para que você consiga dividir as cotas da sua empresa da forma certa. Dessa forma, o ideal é que você siga cada uma dessas etapas do nosso passo a passo para saber como dividir as cotas da forma certa.

Portanto, vamos lá!

Valuation

A primeira coisa a ser feita ao pensar em dividir cotas de uma empresa é a questão do valuation.

O valuation ou o valor do seu negócio é algo crucial para sabermos na hora de entender como dividir uma empresa em cotas.

De certa forma, sem o business valuation, seria quase impossível você conseguir fazer uma divisão de cotas da sua empresa. Afinal, não temos como dividir o valor de algo que não sabemos quanto vale.

Por isso, fazer o business valuation da sua empresa será a primeira etapa. Diferente do que muita gente imagina, fazer o valuation de uma empresa não é caro.

Na prática, por muito tempo, realmente foi caro fazer o valuation de uma empresa. Para termos uma ideia, muitas das empresas que fazem consultoria de valuation cobram dezenas de milhares de reais para dizer qual o valor de um negócio.

Contudo, não se preocupe.

Ebook Grátis Valuation

Sabendo que muitos pequenos e médios negócios precisam saber o seu valuation, mas não tem tanto capital para pagar neste tipo de relatório, surgiu a Valutech.

A Valutech é a ferramenta certa para quem quer fazer o valuation do seu negócio, mas não quer ter que gastar tanto.

Hoje, com a Valutech, você consegue gerar um valuation preciso da sua empresa, gastando pouquíssimo.

Aqui na Valutech, colocando apenas algumas informações sobre a sua empresa e preenchendo alguns campos de resposta, em menos de quinze minutos, você terá acesso a um relatório completo de valuation do seu negócio.

Número de Sócios

Depois de ter em mãos o valuation da sua empresa, para saber como dividir as cotas dela, é preciso ter uma noção exata do número de sócios.

Mais a frente, iremos falar em detalhes sobre a questão da participação e aporte que cada sócio deve realizar. Mas, já podemos adiantar que, para ter uma noção clara da divisão da sociedade, é preciso ter noção do número exato de sócios que a empresa tem.

Em casos de empresas pequenas, com poucos sócios, é natural que seja mais fácil ter uma noção exata de quantos sócios o negócio possui. Em empresas maiores, pode acabar dando um pouco mais de trabalho.

Mas, para facilitar, em uma planilha, coloque exatamente a quantidade de sócios que o seu negócio possui.

Participação / Aporte

Como terceira e última etapa para quem está buscando por como dividir cotas da empresa, temos a questão da participação e aporte.

Nesse caso, é preciso que você faça uma correlação de quanto cada sócio aportou e quanto isso é revertido em participação societária.

Dessa forma, vendo quanto cada sócio investiu e detém de porcentagem da empresa, fica muito mais fácil para você realizar a divisão.

Portanto, nós sabemos que isso pode ser um pouco trabalhoso no primeiro momento, mas é crucial.

Para exemplificar, vamos imaginar que você tem três sócios em sua empresa. Com isso, vamos imaginar que o seu negócio foi avaliado em R$100.000 (cem mil reais).

Um dos sócios aportou R$40.000,00, outro aportou R$30.000 e você R$30.000,00.

Logo, utilizando apenas o valor da empresa como critério para divisão de cotas, podemos dividir a empresa em 100 cotas – cada uma valendo mil reais.

Dessa forma, o sócio que aportou os quarenta mil reais ficará com 40 cotas da empresa, enquanto o segundo e o terceiro ficaram com 60 cotas – cada um com 30 cotas.

Portanto, é assim que é feita uma divisão de cotas de uma empresa. Primeiro passamos pelo processo de valuation, depois fazemos a análise societária e, por último, a divisão das cotas em si.

Mas, será que vale a pena dividir as cotas da sua empresa?!

Vale a pena dividir cotas da empresa?

De modo geral, não há muito uma escolha de dividir ou não as cotas da empresa. Falamos isso porque, na maioria dos casos, para quem tem sócios ou deseja vender uma participação da empresa, vender participação societária é algo imprescindível.

Contudo, até mesmo para quem não tem sócios, mas está procurando por um, vemos que ter essa noção de cotas da empresa é algo que faz total diferença.

Principalmente na questão de ter uma noção do valuation do seu negócio, podemos notar que esse é um ponto que faz total diferença.

Muitas empresas buscam por sócios, mas não fazem ideia do seu valuation, o que faz com que dificulte e muito a entrada de um possível sócio.

A primeira coisa que um possível sócio fará ao analisar a sua empresa será olhar o valuation dela (ou quanto ela vale).

Por isso, mesmo para pequenas e médias empresas, é crucial fazer esse processo de análise de valuation e de divisão de cotas.

Além disso, existem alguns pontos que você deve analisar antes de vender uma parte do seu negócio. Falaremos agora sobre isso.

O que analisar antes de vender uma parte da sua empresa?

Geralmente, quando buscamos por divisão de cotas de uma empresa, é porque estamos querendo vender uma parte do nosso negócio.

A venda de uma empresa, seja uma venda completa ou apenas uma parte dela, é algo muito importante e que pode mudar o rumo do negócio. Tanto de forma positiva, quanto de forma negativa.

Por isso, é crucial que você tome alguns cuidados em meio a esse processo de possível venda. O primeiro ponto a ser analisado e que já comentamos em outros conteúdos sobre como vender uma empresa, é a questão do motivo da venda.

Você está buscando apenas por capital ou está olhando mais para um Smart Money?

É preciso ter essa noção porque ela ditará o rumo do seu novo sócio. Existem sócios que só podem agregar com capital, enquanto outros podem agregar com expertise… Por isso, é preciso saber exatamente o que você quer.

Além disso, como bem comentamos antes, é preciso que você saiba exatamente quanto vale a sua empresa. Sabendo quanto vale o seu negócio, você não aceitará um aporte menor do que a sua empresa vale.

Então, antes de começar a pensar em vender uma parte da sua empresa, veja com cautela esses dois pontos. Entenda o que está fazendo você querer ter um sócio. Somado a isso, tenha com clareza o perfil de sócio que você busca.

E, por último, saiba quanto você quer vender do negócio e por qual valor.

Fazendo essa análise, temos certeza que você conseguirá fazer um processo de venda de empresa muito bem-sucedido.

Bom, por hoje, nós da Valutech ficaremos por aqui.

Antes de sair, não deixe de dar uma olhada em nossos últimos conteúdos que fizemos aqui no Blog da Valutech!

Até a próxima