avaliação de marcas valuation

Avaliação de Marca: Descubra Quanto Vale a Sua

Avaliar o valor de uma marca, ou brand valuation em inglês, é uma tarefa muito interessante que consegue revelar o que realmente faz uma marca ser valiosa aos olhos de consumidores e investidores.

Ao se perguntar “Qual o valor de uma marca?”, não estamos apenas buscando um número, mas desvendando a história, a percepção e o impacto único que a marca tem no mercado.

A avaliação de marca é um processo técnico que vai além das cifras financeiras, que leva em consideração a força, a lembrança e a lealdade que a marca inspira. Neste contexto, o valuation da marca se transforma em uma ferramenta poderosa para entender melhor o porquê que uma marca (trademark) é geralmente o ativo mais valioso de uma empresa.

Ao entender melhor as variáveis que compõem o valor da marca, novas possibilidades estratégicas surgirão.

Este artigo é um convite para desbravar como e por que avaliar o valor de uma marca, proporcionando informações e possibilidades incríveis para quem busca não apenas quantificar, mas qualificar o verdadeiro valor que uma marca representa no competitivo mercado atual.

O que é Avaliação de Marcas (Valuation)?

A avaliação de marcas, ou valuation de marcas, é, em poucas palavras, o processo para calcular o valor financeiro de uma marca.

Este processo pode envolver uma série de métodos que medem não só o desempenho financeiro direto gerado pela marca, mas também o impacto gerado pelo ativo intangível tanto no lucro da empresa, como também seu faturamento.

Um autor influente na área de avaliação de marcas é David Aaker, conhecido por seus trabalhos sobre branding e marketing estratégico. Em seu livro “Building Strong Brands”, Aaker discute a avaliação de marca como o processo de identificar e quantificar o valor que uma marca agrega aos produtos ou serviços da empresa.

ebook avaliação de marcas

Ele argumenta que esse valor é derivado não apenas dos aspectos financeiros, como receitas e lucros, mas também de elementos intangíveis, como a lealdade dos clientes, a percepção de qualidade e a associação da marca.

Aaker enfatiza que a avaliação de marca é crucial para entender a contribuição real da marca para o desempenho financeiro da empresa. Segundo ele, uma marca forte tem o poder de influenciar a escolha do consumidor, permitir a cobrança de prêmios de preço e criar barreiras à entrada de novos competidores. Para Aaker, avaliar uma marca envolve medir esses ativos intangíveis e entender como eles se traduzem em benefícios financeiros tangíveis, tanto no presente quanto no futuro. Ele também destaca a importância da gestão de marca na manutenção e no aumento do seu valor ao longo do tempo, sugerindo que a avaliação de marca é um processo contínuo e integrado à estratégia de negócios da empresa.

Já outro guru da área de valuation de marcas, Kevin Lane Keller, professor de marketing e autor do livro “Strategic Brand Management”, define o processo de avaliação como a maneira de estimar o valor total que uma marca representa para uma empresa.

Para Keller, a avaliação de marca é uma ferramenta indispensável para os gestores e donos de empresas, pois fornece informações muito valiosas para a tomada de decisão estratégica em marketing.

Toda Marca Possui Valor, Mesmo as Pequenas?

Toda marca carrega consigo um valor intrínseco, independentemente do tamanho da empresa à qual pertence. Este valor não se resume apenas aos números em relatórios financeiros, mas se estende ao impacto emocional e psicológico que a marca exerce sobre seus consumidores.

As marcas das pequenas e médias empresas (PMEs) exemplificam vividamente essa realidade, pois elas frequentemente cultivam relações próximas e pessoais com seus clientes, criando uma lealdade e uma percepção de valor que transcende o aspecto puramente transacional.

Primeiramente, as marcas de PMEs muitas vezes se destacam pela autenticidade e pela história única que contam. Elas refletem os valores, a paixão e o compromisso dos seus fundadores, o que pode gerar uma conexão emocional profunda com os consumidores.

Essa conexão se traduz em valor percebido, pois os consumidores tendem a valorizar empresas que compartilham de seus próprios valores e ideais, estando mais inclinados a apoiá-las em muitos casos, mesmo diante de alternativas mais acessíveis ou convenientes.

Além disso, as marcas de PMEs frequentemente ocupam nichos de mercado específicos, oferecendo produtos ou serviços que se distinguem dos concorrentes maiores por sua qualidade, personalização e atenção ao detalhe.

valuation de marca

Esse foco em satisfazer necessidades específicas dos consumidores não apenas cria um diferencial competitivo, mas também aumenta o valor da marca, pois os clientes estão dispostos a pagar mais por soluções que atendam exatamente às suas expectativas.

Outro ponto relevante é a capacidade das PMEs de agir com agilidade e adaptar-se rapidamente às mudanças no mercado e às preferências dos consumidores. Essa flexibilidade permite que as marcas de PMEs inovem constantemente, reforçando sua relevância e valor no mercado.

A inovação contínua, acompanhada de um atendimento ao cliente excepcional, faz com que estas marcas não apenas sobrevivam, mas prosperem, criando uma base de clientes leais e expandindo seu valor de marca ao longo do tempo.

Por fim, em uma era dominada pelas mídias sociais e pelo marketing digital, as PMEs têm a vantagem de utilizar essas plataformas para contar suas histórias, engajar com os consumidores de maneira autêntica e construir comunidades em torno de suas marcas.

Esse engajamento direto não só aumenta a visibilidade da marca, mas também aumenta seu valor, pois cria um senso de pertencimento e fidelidade entre os consumidores.

Portanto, independentemente do tamanho, toda marca possui valor. Para as marcas das pequenas e médias empresas, esse valor é frequentemente ampliado pela sua capacidade de criar conexões autênticas, satisfazer necessidades específicas de forma excepcional, inovar constantemente e engajar diretamente com sua comunidade, elementos que juntos constroem uma base sólida para o crescimento sustentável do valor da marca.

Motivos para Você Avaliar sua Marca

Avaliar sua marca é como fazer um check-up de saúde para o seu negócio. É importante por vários motivos simples, mas poderosos:

  1. Conhecer o valor real: Saber quanto vale sua marca no mercado é como conhecer o peso de um tesouro que você tem. Isso te ajuda a tomar decisões inteligentes sobre como proteger, crescer ou até vender esse tesouro.
  2. Poder em forma de conhecimento: Ao saber o valor da sua marca, você começará a pensar em novas possibilidades para seu negócio. Isso vai gerar um grande apoio às decisões estratégicas importantes.
  3. Entender sua posição: É como olhar um mapa antes de começar uma viagem. Avaliar sua marca mostra onde você está em relação aos concorrentes e o que você pode fazer para se destacar e chegar mais longe.
  4. Melhorar o que oferece: Imagine que sua marca é um carro em uma corrida. Avaliá-la te ajuda a entender o que precisa ser ajustado ou melhorado para correr mais rápido e de forma mais eficiente, garantindo que os clientes continuem escolhendo você.
  5. Atrair investimentos: Se algum dia você quiser atrair investidores ou vender sua empresa, mostrar o valor da sua marca é como exibir um diploma de primeira linha. Quanto mais valiosa e bem-cuidada for sua marca, mais interessados eles estarão.
  6. Construir confiança: Quando você conhece o valor da sua marca e trabalha para aumentá-lo, as pessoas percebem. Isso constrói confiança não só entre os consumidores, mas também com parceiros de negócios, fornecedores e investidores.

Em resumo, avaliar sua marca não é só sobre números. É uma peça chave para entender seu negócio, melhorá-lo, e garantir que ele seja reconhecido e valorizado por todos ao seu redor.

Outras Vantagens da Avaliação de Marcas

Avaliar sua marca traz uma série de vantagens significativas que podem ajudar a direcionar o crescimento e o sucesso do seu negócio. Aqui estão as principais vantagens:

  1. Melhoria na Estratégia de Marketing: Com uma compreensão precisa do valor da sua marca, você pode criar estratégias de marketing e comunicação mais eficazes que ressoam com seu público-alvo, otimizando o retorno sobre o investimento em marketing.
  2. Aumento do Valor para Investidores: Para empresas que buscam investimento, uma marca bem avaliada pode ser um ativo poderoso. Mostra aos investidores o valor real e o potencial de crescimento da empresa, tornando-a mais atraente para o financiamento.
  3. Decisões Estratégicas Informadas: Saber o valor da sua marca pode influenciar decisões importantes, como fusões, aquisições, licenciamentos ou vendas. Uma avaliação precisa fornece a base para negociações justas e estratégias de expansão.
  4. Identificação de Novas Oportunidades de Mercado: Ao avaliar sua marca, você pode descobrir novos nichos de mercado ou oportunidades de expansão que não havia considerado anteriormente, abrindo portas para o crescimento.
  5. Proteção Legal: Compreender o valor da sua marca é essencial para protegê-la legalmente. Em casos de violação de direitos autorais ou disputas de marca, ter uma avaliação de marca pode ser um elemento chave para estabelecer seu caso, e assim buscar uma reparação justa e proporcional.
  6. Otimização de Portfólio: Para empresas com várias marcas, a avaliação ajuda a entender o desempenho individual de cada uma, permitindo uma gestão de portfólio mais eficaz e a realocação de recursos para maximizar o retorno.
  7. Fortalecimento da Lealdade do Cliente: Entender o valor da sua marca pode ajudar a melhorar a percepção do cliente e fortalecer sua lealdade. Isso é vital para o sucesso a longo prazo, especialmente em mercados competitivos.
  8. Clareza na Comunicação de Valor: Uma marca bem avaliada permite que você comunique seu valor de forma clara e eficaz, tanto para clientes quanto para stakeholders, fortalecendo sua posição no mercado.

Avaliar sua marca é mais do que um simples exercício financeiro; é uma estratégia essencial para entender e maximizar o potencial do seu negócio.

Metodologias Mais Utilizadas no Valuation de Marcas

Quando falamos em avaliação de marcas, duas metodologias se destacam por sua aplicabilidade e insights que oferecem: o método Royalty Relief e o método do Custo Histórico.

Cada uma dessas abordagens fornece uma perspectiva única sobre como determinar o valor monetário de uma marca, utilizando princípios e cálculos distintos que refletem diferentes aspectos do valor de uma marca.

Método Royalty Relief

O método Royalty Relief, também conhecido como Relief from Royalty ou ainda liberação do pagamento de royalties em português, é amplamente reconhecido como a metodologia mais utilizada na avaliação de marcas. Essa abordagem baseia-se na ideia de estimar quanto uma empresa economizaria ao possuir a marca em vez de licenciá-la de terceiros.

Em outras palavras, calcula-se o valor da marca determinando o valor dos royalties que a empresa não precisa pagar porque é proprietária da marca. Esse método é particularmente valorizado por sua capacidade de refletir o valor de mercado da marca, incorporando a perspectiva de quanto um licenciante estaria disposto a pagar pelo direito de usar a marca.

A preferência pelo método Royalty Relief deve-se à sua objetividade e alinhamento com os princípios de mercado, permitindo comparações com transações de licenciamento reais no mesmo setor.

A predominância do método Royalty Relief no valuation de marcas deve-se à sua relevância e eficácia em medir o valor “real” que a marca adiciona ao negócio. Este método não apenas considera os ganhos financeiros diretos atribuíveis à marca, mas também reflete seu valor estratégico, incluindo a capacidade de comandar preços premium, fortalecer a posição no mercado e cultivar a fidelidade do cliente.

Sua aplicabilidade universal e a capacidade de fornecer uma avaliação baseada em critérios de mercado fazem do Royalty Relief a escolha preferencial para muitos profissionais e analistas de marca ao redor do mundo.

Exemplo: Como Calcular o Valor da Marca Utilizando o Método Royalty Relief

Vamos simplificar o método Royalty Relief com um exemplo prático, para tornar fácil de entender como ele é aplicado na avaliação de marcas.

Imagine que você tem uma revenda de automóveis chamada “AutoBot”. Para avaliar a marca AutoBot usando o método Royalty Relief, primeiro precisamos determinar a taxa de royalties que normalmente seria paga por usar uma marca como a AutoBot no mercado.

Digamos que, apenas para ilustrar esse exemplo, após pesquisar o setor de vendas de automóveis, descobrimos que a taxa média de royalties é de 5% sobre as vendas.

Agora, suponhamos que a AutoBot tenha vendas anuais de R$ 500.000.

Para calcular o valor de economia de royalties por ser proprietário da marca, em vez de licenciá-la, aplicamos a taxa de 5% às vendas anuais.

Suponha que esperamos que essa economia continue pelos próximos 10 anos e escolhemos uma taxa de desconto de 10% para refletir o risco e o valor do dinheiro no tempo.

Para fins de simplificação, vamos supor também que o crescimento anual das receitas da marca será de 5% e uma alíquota de impostos de 10,7%.

Fórmula do Royalty Relief utilizada nesse exemplo:

fórmula royalty relief
Fórmula do Royalty Relief

Após aplicar a fórmula nos números revelados acima e também as premissas utilizadas, o valor da marca através desse exemplo seria de aproximadamente R$ 468.000.

Método do Custo Histórico

Por outro lado, o método do Custo Histórico oferece uma abordagem mais tangível, calculando o valor da marca com base no total de investimentos feitos para criar e estabelecer a marca ao longo do tempo. Isso inclui despesas com marketing, publicidade e outras atividades promocionais.

Embora o método do Custo Histórico forneça um olhar concreto sobre o que foi investido na marca, ele pode não capturar adequadamente o valor atual da marca no mercado, especialmente se a marca conseguiu construir um significativo valor percebido ou lealdade do cliente que transcende os custos históricos.

O Custo Histórico pode subestimar significativamente o valor real de uma marca no mercado, especialmente se essa marca conseguiu estabelecer uma forte presença no mercado, comandar preços premium ou simplesmente por ser uma marca bastante lucrativa e com um bom potencial.

Estes elementos, que são importantes para determinar o valor de mercado de uma marca, são ignorados nessa abordagem.

Apesar dessas limitações, o método do Custo Histórico é o único aceito para fins contábeis em muitas jurisdições, permitindo que o valor da marca seja agregado ao balanço patrimonial da empresa. A razão para essa aceitação contábil reside na objetividade e verificabilidade dos custos históricos.

Diferentemente de métodos baseados em estimativas de ganhos futuros ou royalties evitados, que dependem de previsões e podem ser altamente subjetivos, o Custo Histórico baseia-se em despesas reais, proporcionando uma medida mais concreta e auditável para fins financeiros.

No entanto, essa abordagem contábil não reflete o valor de mercado da marca, tampouco é um método utilizado em negociações, pois o mercado está mais interessado no potencial futuro de geração de receita da marca e na sua capacidade de influenciar as decisões de compra do consumidor, do que no quanto foi gasto no passado para construí-la.

Assim, enquanto o Custo Histórico pode ser útil para determinar o valor contábil de uma marca, ele não oferece uma medida precisa do seu valor de mercado, que é dinâmico e influenciado por fatores muito além dos custos históricos.

Exemplo: Como Calcular o Valor da Marca Utilizando o Método Custo Histórico

Vamos ilustrar o método do Custo Histórico com um exemplo simples e didático para entender como calcular o valor de uma marca baseado nesse método.

Exemplo Prático do Método do Custo Histórico:

Imagine uma empresa de chocolates artesanais, Chocolícia, que começou suas operações há 5 anos. Ao longo desses anos, a empresa investiu em várias atividades para construir e promover sua marca. Vamos listar esses investimentos:

  • Desenvolvimento da Marca (logo, design de embalagem, etc.): R$ 10.000 no primeiro ano.
  • Marketing e Publicidade: Anualmente, a empresa investiu R$ 5.000 em marketing e publicidade.
  • Pesquisa de Mercado: R$ 2.000 no terceiro ano para entender melhor as preferências dos consumidores.
  • Desenvolvimento de Website e SEO: R$ 8.000 no segundo ano.

Para calcular o valor da marca Chocolícia pelo método do Custo Histórico, somaremos todos esses investimentos ao longo dos 5 anos.

Cálculo:

  1. Desenvolvimento da Marca: R$ 10.000
  2. Marketing e Publicidade ao longo de 5 anos: R$ 5.000 x 5 = R$ 25.000
  3. Pesquisa de Mercado: R$ 2.000
  4. Desenvolvimento de Website e SEO: R$ 8.000

Total do Investimento na Marca: R$ 10.000 + R$ 25.000 + R$ 2.000 + R$ 8.000 = R$ 45.000

Portanto, segundo o método do Custo Histórico, o valor da marca Chocolícia seria de R$ 45.000. Este valor representa o total de recursos financeiros investidos na construção da marca até o momento.

Como a Tecnologia Impacta a Avaliação de Marcas

A evolução tecnológica tem transformado profundamente o universo do valuation de marcas, introduzindo novas dimensões e capacidades que antes eram inimagináveis.

Em um mundo cada vez mais digitalizado, a tecnologia se tornou uma força que não apenas amplia o alcance e a visibilidade das marcas, mas também revoluciona a maneira como seu valor é calculado e compreendido.

A integração de ferramentas e plataformas online de avaliação de marcas exemplifica essa transformação, trazendo consigo uma era de análise de dados e avaliação de risco em tempo real, acessibilidade para não especialistas e uma precisão e solidez sem precedentes no cálculo do valor das marcas.

Conheça a Valutech: A sua Plataforma de Valuation Online de Marcas

A Valutech é um marco inovador projetado para transformar a maneira como as marcas são avaliadas. A plataforma é muito mais que uma simples calculadora de valuation online, é a personificação da interseção entre tecnologia avançada e análise de marca, oferecendo uma solução robusta que democratiza o acesso a avaliações de marca precisas, rápidas e fundamentadas.

Com destaque na sua plataforma intuitiva e de fácil uso, que permite a empresários (mesmo leigos quanto o assunto é valuation), gestores de marca e profissionais de marketing mergulhar no complexo processo de valuation com confiança e clareza.

Utilizando algoritmos de ponta, a plataforma analisa dados de mercado em tempo real, tendências da indústria e indicadores de risco, fornecendo uma avaliação detalhada do valor da marca que é tanto precisa quanto relevante.

Um dos grandes diferenciais da Valutech é a sua capacidade de sintetizar informações complexas em insights compreensíveis, tornando-a acessível mesmo para aqueles sem formação especializada em finanças ou análise de dados.

Isso significa que pequenas e médias empresas podem agora equiparar-se a grandes corporações no que diz respeito ao entendimento e otimização do valor de suas marcas.

Acesse já o site da Valutech.

Perguntas Frequentes (FAQ)

O que é avaliação de marcas?

A avaliação de marcas (valuation de marcas) é o processo de calcular o valor financeiro de uma marca através de métodos específicos para isso.

Por que é importante avaliar uma marca?

Avaliar uma marca é crucial para entender seu verdadeiro valor no mercado, orientar decisões estratégicas, otimizar investimentos em marketing, negociar fusões ou aquisições, e até mesmo para questões legais, como definição de royalties em casos de licenciamento.

Quais são as principais metodologias de avaliação de marcas?

As principais metodologias incluem o método Royalty Relief, o método do Custo Histórico, e o método de Renda. Cada um tem suas particularidades, sendo o Royalty Relief um dos mais utilizados por também refletir o valor de mercado da marca.

Como a tecnologia impacta a avaliação de marcas?

A tecnologia, especialmente através de plataformas online da Valutech, revolucionou a avaliação de marcas ao permitir análises mais rápidas, precisas e acessíveis. Ferramentas digitais podem coletar dados de mercado e risco em tempo real, tornando a avaliação de marcas mais dinâmica, abrangente e acessível para qualquer leigo no assunto.

Posso avaliar a marca da minha micro, pequena ou média empresa?

Sim, marcas de empresas de todos os tamanhos têm valor e podem ser avaliadas. Ferramentas como Valutech facilitam o acesso à avaliação de marcas, permitindo que pequenas e médias empresas também entendam, descubram, e otimizem o valor de suas marcas.

O que é o método Royalty Relief?

O método Royalty Relief estima o valor de uma marca com base no valor dos royalties que a empresa economizaria se não fosse proprietária da marca. Ele calcula o valor presente dos fluxos de royalties futuros que seriam pagos por utilizar a marca, refletindo seu valor de mercado.

O que é o método do Custo Histórico?

O método do Custo Histórico calcula o valor de uma marca somando todos os investimentos feitos para construí-la, como custos de marketing e publicidade. Embora seja simples e direto, pode não refletir o valor de mercado atual da marca.

Como as plataformas online como Valutech calculam o valor de uma marca?

Plataformas como Valutech utilizam algoritmos avançados para analisar uma grande quantidade de dados de mercado, desempenho econômico da marca (impacto que ela tem no faturamento da empresa e também seu valor) e indicadores de risco, fornecendo uma avaliação detalhada e precisa do valor da marca.

A avaliação de marcas é só para grandes empresas?

Não, a avaliação de marcas é importante para empresas de todos os tamanhos. Compreender o valor da sua marca pode ajudar a orientar estratégias de crescimento, independente do tamanho da empresa.

Quais são os benefícios de usar uma plataforma online para avaliação de marcas?

Usar uma plataforma online para avaliação de marcas oferece vários benefícios, incluindo acessibilidade para não especialistas, capacidade de coletar e analisar dados em tempo real, minimizar erro humano no processo de valuation e proporcionar avaliações com alta acurácia e solidez, facilitando a tomada de decisão estratégica baseada em dados.